Neoenergia Coelba e Polícia civil identificam furto de energia em serraria em Esplanada. Uma pessoa foi conduzida à delegacia

Energia furtada, e que foi recuperada pela distribuidora, seria suficiente para abastecer 3.500 residências durante um mês

Neoenergia Coelba e Polícia civil identificam furto de energia em serraria em Esplanada. Uma pessoa foi conduzida à delegacia
Imagem: Reprodução

Em mais uma operação de combate ao furto de energia elétrica, a Neoenergia Coelba​, em conjunto com a Polícia Civil, identificou e removeu uma ligação clandestina em uma serraria no município de Esplanada, no Nordeste da Bahia, na última quarta-feira (20). Devido a constatação do crime, um funcionário da empresa foi encaminhado à delegacia e o proprietário responderá a inquérito policial. Na ação, os técnicos da distribuidora recuperaram 400 mil quilowatt-hora de energia, que seria suficiente para abastecer 3.500 residências durante um mês.

 

No total, cerca de 10 profissionais da Neoenergia Coelba, três policiais civis e um delegado participaram da operação. Na ação de investigação, os técnicos da distribuidora constataram que a unidade estava realizando um desvio antes de medição e a energia furtada estava sendo utilizada para alimentar os motores utilizados na serraria.

 

“Esta é mais uma unidade que foi mapeada através das análises do centro de inteligência da Neoenergia Coelba, somada às fiscalizações em campo. Destacamos que as ações de combate ao furto de energia elétrica são constantes e acontecem em todo o Estado, visando a segurança da população e um maior equilíbrio na tarifa de energia. É importante ressaltar que os responsáveis por estes crimes podem responder a processos judiciais passíveis de até oito anos de reclusão", explicou o gerente de Gestão da Receita, Rodrigo Almeida.

 

A distribuidora estima que cerca de R$ 70 mil referentes a impostos deixaram de ser recolhidos com a ação ilegal. Porém, com a atuação de combate ao furto de energia pela Neoenergia Coelba, esse valor será recuperado e poderá ser revertido em benefício da população.

 

Crime e denúncias

A distribuidora reforça que os “gatos” representam riscos para a segurança de quem os realiza e da população. Além disso, o furto de energia prejudica o fornecimento de energia da região, podendo causar graves problemas para a rede elétrica e ocasionar a interrupção do abastecimento. 

 

O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba (www.neoenergiacoelba.com.br) na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

 

Sobre a Neoenergia Coelba - A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, empresa da Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Neoenergia Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes). 

Fonte: Neoenergia Coelba