‘Natural’, diz governador sobre aumento de ICMS em alimentos e bebidas alcoólicas

"Vamos corrigindo e fazendo ajustes em alguns setores. Fazemos ajustes naturais. Um chiado daqui e dali, caso aconteça, mas seguimos com muita serenidade"

‘Natural’, diz governador sobre aumento de ICMS em alimentos e bebidas alcoólicas
Imagem: Reprodução

Questionado sobre o aumento que o governo da Bahia anunciou em cima do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o governador Jerônimo Rodrigues (PT) disse em entrevista coletiva nesta terça-feira (18) que é “um processo natural” e que todos os estados seguem o mesmo movimento.

“É normal. Nós vamos corrigindo e fazendo ajustes em alguns setores. É claro que não temos ainda a nova legislação que estabelece a reforma tributária. Nós fazemos ajustes naturais. Um chiado daqui e dali, caso aconteça, mas seguimos com muita serenidade.”

Em abril deste ano, o governo do Estado anunciou que o ICMS aumentaria de 4% para 20,5% em produtos de mercearia, laticínios, congelados, frios e fatiados e ampliou para 27% a tributação de bebidas alcoólicas.

“Tudo que a gente solta e publica, nós procuramos sempre conversar com os setores para que não haja prejuízo, desemprego ou alguma redução dos incentivos dos empresários. Mas nada de anormal”, garantiu Jerônimo. 

Fonte: Bahia.ba