Sábado, 25 de Novembro de 2017
Política
Entidades negras criticam fala de ministra dos Direitos Humanos
Imagem: Rodrigo Aguiar/bahia.ba
Publicado em 06/11/2017

Um grupo de 15 entidades negras divulgou uma nota com críticas às recentes declarações da ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, que fez uma analogia com a escravidão ao pedir para acumular o seu salário atual com a aposentadoria de desembargadora, o que lhe daria rendimento superior ao teto constitucional.

Diante da repercussão, a ministra desistiu do pedido inicial e há, conforme o Estadão, até mesmo ameaça de dirigentes do PSDB, partido ao qual é filiada, de retirá-la do cargo caso não adote o silêncio.

O “Convergência Negra” afirmou que, “além de afrontar a dignidade da população negra, a posição da ministra é um atestado da falta de compromisso com o combate ao racismo e com verdadeira cidadania de negros e negras”.

Procurada pela TV Bahia na noite deste sábado (4), a ministra declarou que não comentaria nota. Luislinda disse, porém, que “cada um responderá pelo que for dito”.

Por: reprodução
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados - 23 usuários online - Páginas visitadas hoje: 47977