Sábado, 25 de Novembro de 2017
política nacional
PF faz buscas no gabinete e residência do deputado Lúcio Vieira Lima
Imagem: Reprodução
Publicado em 16/10/2017

A Polícia Federal faz buscas no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) na manhã desta segunda-feira (16/10) em Brasília e também na residência do parlamentar, em Salvador.

A ação ocorre após pedido da Procuradoria-Geral da República. Lúcio Vieira Lima é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso por tempo indeterminado após ter R$ 51 milhões apreendidos durante investigações em um imóvel ligado a ele no bairro da Graça, na capital baiana.

No mês passado, as investigações sobre a apreensão do dinheiro foram remetidas ao Supremo Tribunal Federal. O motivo da transferência do caso para o Supremo foram os indícios encontrados de que o deputado possui foro privilegiado. De acordo com a Polícia Federal, o apartamento foi emprestado a Lúcio vieira Lima, mas era usado por seu irmão Geddel.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a ação está relacionada a esse episódio. A operação foi a primeira deflagrada a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

No “bunker” usado por Geddel, a polícia encontrou um recibo assinado por uma funcionária de Lúcio, uma mulher chamada Marinalva de Jesus. Por esse motivo, o caso que estava na Justiça Federal de Brasília acabou indo para o ministro do STF Edson Fachin.

Por: redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados - 38 usuários online - Páginas visitadas hoje: 48064