Segunda, 16 de Setembro de 2019
Jandaíra: mais de 5 mil eleitores não atenderam convocação da Justiça eleitoral
Justiça eleitoral
em 21/08/2019
imagem: Reprodução/Internet
fonte: Helene Silva
Jandaíra: mais de 5 mil eleitores não atenderam convocação da Justiça eleitoral

Os eleitores do município de Jandaíra, pertencentes à 49ª Zona Eleitoral, que ainda não realizaram o recadastramento biométrico, obrigatório para as eleições de 2020, precisam regularizar a situação o quanto antes. Isto porque, de acordo com o BioMaps – aplicativo para monitoramento online da biometria – cerca de 5.852 cidadãos ainda não atenderam a convocação da Justiça Eleitoral.

Na cidade, dos 8.202 eleitores, apenas 28,65% (2.350) realizaram o procedimento. Em Jandaíra, o posto de atendimento da biometria funciona na Rua Evandro Oliveira de Faria, s/n, Centro, das 08h às 14h, de segunda à sexta-feira. No povoado de Abadia, no município, o atendimento pode ser feito no Infocentro, localizado na Rua Francisco Borges, s/n, das 08h30 às 14h30, de segunda à sexta-feira.

No decorrer deste ano, o TRE da Bahia realizou uma série de audiências públicas para alavancar o recadastramento eleitoral em 24 municípios no interior do estado, alertando sobre a importância do apoio da classe política à revisão, transportando eleitores e facilitando o agendamento dos mesmos.

Estão obrigados a fazer o recadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles cujo voto é facultativo (analfabetos; eleitores com idade entre 16 e 18 anos; os maiores de 70 anos de idade), que tenham interesse de continuar exercendo o direito ao voto. O cidadão que não fizer o recadastramento dentro do prazo estabelecido pela JE terá o título cancelado.

Além de ficar impedido de votar, com o cancelamento do título, o cidadão terá dificuldade de receber salários ou proventos de função ou emprego público, não poderá tirar passaporte, inscrever-se em concursos públicos, matricular-se em instituições públicas de ensino, etc.

Agendamento

A última fase da biometria no estado prioriza o agendamento que pode ser realizado por meio do site www.agendamento.tre-ba.jus.br ou telefone 0800 071 6505. Para agendar, o número do título será solicitado ao eleitor. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número, deverá ser informado número de CPF, data de nascimento e nome completo dos pais. O cidadão também pode cadastrar telefone e e-mail. Esses últimos dados são importantes para que o eleitor receba confirmação e lembretes acerca do agendamento.