Quarta, 20 de Fevereiro de 2019
Região
Rio que abastece a cidade de Entre Rios está seco; Residências recebem água por carros pipas
Imagem: Entre Rios Agora
Publicado em 28/01/2019

O rio Subaúma, principal manancial de água que abastece o sistema de captação da Embasa no município de Entre Rios, no Litoral Norte, secou.

O nível normal do rio era de quatro metros de profundidade. Em 17/Janeiro deste ano, o prefeito Elizio Simões decretou situação de emergência por causa da estiagem que atinge o município.

O morador Roberto dos Santos contou que nunca viu uma situação de seca como essa.
“Aqui onde estou em pé agora é o canal principal do rio Subaúma. Hoje, a gente ver esse tipo de situação é desesperador” lamentou Santos.

Prefeitura de Entre Rios

Por meio de nota, a prefeitura informou, em razão da precariedade do abastecimento hídrico no nosso Município e tendo em vista a ausência de chuva nos últimos meses, ocasionando então acentuada queda na vazão do Rio Subaúma, principal manancial de água que abastece a Sede.

O Município de Entre Rios decretou situação de emergência e, embora o fornecimento de água na zona Urbana não seja de responsabilidade da Prefeitura Municipal e sim Empresa Baiana de Águas e Saneamento Básico (EMBASA), medidas vem sido adotadas juntamente com a Empresa referida, a fim de solucionar questões pertinentes ao abastecimento. Vale salientar que o Governo do Estado, através da EMBASA, está executando obra de construção de estação que visa capitação em poços artesianos e tratamento de água na Cidade, com previsão de conclusão até o segundo semestre do ano corrente.

O Prefeito Elízio Simões em reunião na terça-feira (15/01), com o Gerente Regional da EMBASA, salientou a importância da obra para o Município e, no ensejo solicitou junto ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), adoção de medidas em caráter de urgência para que a capitação de água do Rio Subaúma, realizada por empresas privadas seja proibida, tendo em vista que, em caso de escassez de água deve ser priorizado o consumo humano, conforme prevê a Legislação Ambiental.

A Prefeitura agradece a compreensão de todos e pede que a população faça uso consciente da água.

Por: Se Liga Alagoinhas/Entre Rios Agora
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados - 1 usuários online - Páginas visitadas hoje: 0