Segunda, 17 de Dezembro de 2018
Bahia
Acidente na BR-116: comandante da fanfarra pediu proteção antes de entrar no ônibus
Imagem: Reprodução
Publicado em 27/11/2018

Horas antes de entrar no ônibus escolar que colidiu com uma carreta e deixou seis pessoas mortas na BR-116, Ronny Brito, comandante de Fanfarra do Educandário Oliveira Brito, publicou no Facebook uma foto com integrantes da banda pedindo “proteção de todo mal”.

O coletivo saiu de cidade de Euclides da Cunha (323 km de Salvador), no domingo (26), levando 32 pessoas para participar de uma competição no município de Antônio Cardoso.

Internado na Unidade Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, Ronny precisou amputar uma perna. De acordo com o presidente da Liga Cultural de Bandas Musicais da Bahia (Licbamba), Luis Carlos Silva, o seu estado é grave. “Até ontem de noite, a situação dele era bem grave”, afirmou ao bahia.ba.

Ainda segundo Luiz, Ronny foi um dos fundadores da fanfarra. “Ele atua muito na fanfarra. Na verdade, ele foi quem começou lá há uns 10 anos. Como nós estamos realizando campeonato, umas 70 pessoas da banda tinham saído em três ônibus para participar de uma fase classificatória”, contou ele.

Luiz relata que só soube do acidente por volta de 11h da manhã. “Nós soubemos já no final da manhã e, claro, cancelamos o evento. Estamos todos arrasados com o que aconteceu”, disse.

Entre os mortos na tragédia estão Eurides Cardoso, Fernando Andrade de Almeida, Jeferson Conceição Santos, Rafael José da Silva, Rodrigo Carvalho da Silva e um homem, de prenome Marcos. Todos foram enterradas na tarde desta segunda-feira (26), em Euclides da Cunha.

Investigação

O ônibus que transportava os músicos estava na BR-116, trecho de Santa Bárbara (a 150 km de Salvador) quando colidiu com uma carreta.

De acordo com o boletim de ocorrência da Delegacia de Polícia da 15ª Coorpin (Serrinha) com base nos primeiras informações no local do acidente, o caminhão de placa BSW 5890, conduzido por Eurides, que também morreu, foi o causador do acidente. O veículo, conforme o registro, invadiu a faixa de sentido contrário e colidiu frontalmente com o ônibus escolar.

Ao todo, o acidente envolveu 32 vítimas, seis delas atendidas no Hospital Municipal de Santa Bárbara; 19 deram entrada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA); e quatro, no Hospital Estadual da Criança (HEC), ambos em Feira de Santana. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Delegacia de Serrinha investigam as causas do acidente. A prefeitura de Euclides da Cunha decretou luto oficial de três dias.

Por: Bahia.ba
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 21 usuários online - Páginas visitadas hoje: 0